Esportes

Lúcio Bala alfineta desorganização de times do TO em rede social: "Nem na C"

Lúcio Bala nasceu em Alvorada, região sul do Tocantins. Na carreira, ele passou por Goiás, Flamengo, Santos, Atlético-MG, Fortaleza, Cruzeiro, entre outros

  • Publicado em 28/Set/2017 às 17h23 ( atualizado às 17h30).

O ex-jogador do Flamengo, Lúcio Bala, fez uma postagem em uma rede social criticando a desorganização dos clubes do Tocantins, após ter definidos as quatro equipes que vão jogar a Série B do Brasileirão de 2018. A postagem foi feita na última terça-feira (26) e ele abre o pequeno comentário citando, que dos quatro que subiram três são da região Nordeste e em seguida ele questiona: "E o meu Tocantins, hein?".

Veja o comentário abaixo:



O ex-meia Lúcio Bala é tocantinense de Alvorada, sul do estado, e na carreira defendeu equipes como Flamengo, Cruzeiro, Atlético-MG, Santos, Fortaleza, Goiás, Palmas, Gurupi, entre outros. Ele encerrou a carreira atuando pelo Gurupi. Atualmente ele mora em Fortaleza-CE.

O que falta?

O Tocantins conseguiu apenas um cesso em sua história no futebol, desde a profissionalização em 1993. O acesso foi do Araguaína para a Série C de 2010, o clube ficou um ano na competição e foi rebaixado. Esse ano, o estado foi representado na Série D por Gurupi e Tocantins de Miracema, o Gurupi foi eliminado nas oitavas de final para o Atlético-AC, que avançou e obteve o acesso. O Tocantins de Miracema deixou o certame ainda na fase de grupos.

Esse ano subiram para a Série C: Juazeiro-BA, Globo-RN, Atlético-AC e Operário-PR. Após o acesso dessas equipes, o GloboEsporte.com lançou uma enquete que perguntava: o que falta para os clubes tocantinenses buscar um acesso à Série C? Entre as opções propostas, a que obteve maior número de votos foi a falta de planejamento, que obteve 54, 94%.

Globo Esporte.com