Cidades

Moradores do distrito de Sandolândia convivem com a falta de água há três meses

Caso é no povoado de Dorilândia, na região de Sandolândia. Algumas famílias tiveram que ir buscar água em rios para fazer a limpeza das casas.

  • Publicado em 04/Jan/2019 às 15h50 ( atualizado às 15h56).

Os moradores do povoado de Dorilândia, um dos distritos da cidade de Sandolândia, no sul do Tocantins, sofrem há três meses com a falta de água. Desde novembro as partes mais altas estão com as torneiras secas e nas casas da parte mais baixa o abastecimento é apenas durante a manhã.

As famílias estão se virando como podem. Algumas pedem ajuda a vizinhos que têm cisternas, outras buscam em rios a água para fazer a limpeza das casas. Os moradores estão revoltados.

"Antes de terminar as aulas, a escola estadual sofreu grande dificuldade com a falta de água, porque não tinha nem mesmo água para fazer o lanche das crianças na escola", contou a dona de casa Antiara Silva.

"Este reservatório aqui, meu esposo teve que pedir um caminhão pipa emprestado de uma fazenda vizinha para pegar água no rio para colocar aqui para a gente fazer a limpeza diária na casa e nos banheiros", disse a lavradora Aizam Cristina Alves, mostrando a caixa d'água cheia.

A Agência Tocantinense de Saneamento disse que o problema é causado pela baixa tensão na rede elétrica. A Energisa disse que fez a troca de um transformador no dia 29 de dezembro do ano passado e que ele está funcionando sem registro de intercorrências. A ATS disse que vai realizar a manutenção em um poço tubular profundo para amenizar o problema.




Fonte: G1TO