Política

Alguns nomes já são especulados para disputar a prefeitura de Porangatu em 2020

Nas redes sociais já acontece até enquetes com nomes que deverão disputar a prefeitura em 2020.

  • Publicado em 22/Jan/2019 às 21h27 ( atualizado às 21h43).

O está cedo para falar sobre isso, é uma fala que já não mais atende às expectativas dos eleitores que já sabem que na política os diálogos são constantes e todos dialogam com todos. Toda composição depende das pesquisas e das lideranças de cada grupo.

Em Porangatu, alguns nomes surgem no cenário político para a disputa das eleições de 2020 para o executivo municipal por bases políticas distintas.

Pedro Fernandes (PSDB), atual prefeito, vive dias difíceis, principalmente depois de levar um calote na saúde e transporte escolar de mais ou menos R$ 2.500.000,00 do ex-governador José Eliton (PSDB). Mas se nos meses que antecedem o pleito aparecer bem posicionado nas pesquisas deverá disputar a reeleição. Atualmente conta com o apoio até de vereadores eleitos na base oposicionista. 

O vice-prefeito, Junin do Bonsucesso (Moacir Ciriaco Dias Júnior), segundo fontes, também quer ser candidato. É apontado como um político popular, fiel ao grupo, mas esbarra na possibilidade de Pedro Fernandes, optar pela reeleição. 

O ex-prefeito, Eronildo Valadares, um dos líderes da oposição é outro nome ventilado no cenário. Juntos a estes nomes, surgem o nome do empresário Rodrigo Azevedo (PSDC), que disputou uma vaga na assembleia legislativa nas eleições de 2018, e é visto como a terceira via para a disputa, ou candidato “novo”.

Apesar de apoiarem a candidatura de Ronaldo Caiado nas últimas eleições, Eronildo Valadares e Rodrigo Azevedo dificilmente manterão a parceria em 2020. Os motivos muitos já sabem, mas não custa relembrar. Em 2017, o ex-prefeito e sua esposa, a ex-deputada estadual Vanusa Valadares declararam que iriam apoiar a candidatura de Rodrigo a deputado estadual, mas logo em seguida mudaram de ideia. O rompimento gerou magoas e o afastamento.

A surpresa do pleito pode ser o presidente da Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Porangatu (Aciap), o advogado Márcio Luiz da Silva. É apontado como “popular” — embora nunca tenha disputado mandato eletivo — e “gestor eficiente”. 

Na presidência da ACIAP até abril, o advogado Marcio Luiz já disse que vai pensar na questão. Mas a tendência é não sair.