Goiás

Vereadores custam mais de R$ 2 milhões por ano aos cofres de Peixe

O cálculo foi feito com base nos dados disponibilizados nos portais da transparência dos sites da Câmara e Prefeitura Municipal. Em 2018, apenas 21 projetos foram analisados. Legislativo de Peixe além dos 9 vereadores possui 16 funcionários.

  • Publicado em 19/Mar/2019 às 13h24 ( atualizado às 14h29).



Você sabe quanto custa manter a Câmara de Peixe? E quantos projetos foram aprovados no último ano no Legislativo municipal? Uma fonte consultada pelo portal www.claudemirbrito.com.br afirmou que o custo é alto, a produção é baixa e a transparência quase nula.

Fomos buscar informações no portal da transparência, pois sabemos quanto é difícil para o cidadão saber o que acontece em grande parte dos legislativos municipais pelo interior do Estado, aí descobrimos que um vereador recebe R$ 7.596,67 por mês. A prefeitura em 2018 repassou mais de R$ 167 mil por mês, e um ano a soma chega a mais de R$ 2 milhões para o custeio de nove vereadores e dezesseis funcionários. Em 2018, os vereadores de Peixe analisaram apenas 21 projetos. É como se cada projeto custasse em média, R$ 97 mil reais.

Os números foram repassados pelo ex-presidente Clerismar Sena Soares (PSB). Em 2019, sob o comando do vereador Aier Ribeiro Louça (DEM) a Câmara vai receber quase R$ 2 milhões para custeio das despesas.