Goiás

Sindicato Rural de Porangatu polui cartão postal da cidade; internautas cobram punição

  • Publicado em 24/Mar/2019 às 21h55 ( atualizado às 23h35).



Enquanto a prefeitura limpa o Sindicato Rural ajuda poluir ainda mais a Lagoa Grande, cartão postal de Porangatu, jogando àgua com fezes de animais dentro dela. Crime ambiental passa despercebido dos orgãos de fiscalização. 

No dia que uma força tarefa foi promovida para a realização do 3° Mutirão de Limpeza da Lagoa Grande, cartão postal da cidade, o Sindicato Rural de Porangatu deu um mau exemplo ambiental.

Durante realização do Leilão da Expopec, funcionários do Sindicato usam rodos para espalhar àgua contaminada com fezes dos animais que vinha dos currais localizados dentro do parque de exposições e que escoria pela avenida e de lá para dentro da lagoa.

Segundo informações, a prática é comum após a realização de grandes leilões, e o que mais chama a atenção é a indiferença dos órgãos de fiscalização. Na redes sociais, internautas cobraram mais rigor na fiscalização e punição dos responsáveis.

Veja as imagens:



Video publicado nas redes sociais mostra descaso do Sindicato Rural de Porangatu com o meio ambiente. 




Ótimo exemplo



Com o objetivo de sensibilizar a população quanto à importância da conservação da Lagoa Grande de Porangatu, foi realizado na manhã de hoje, 24, o 3° Mutirão de Limpeza da Lagoa Grande. A ação conjunta entre a Prefeitura de Porangatu, Secretaria de Meio Ambiente e Rancho dos Amigos, contou com a participação do Prefeito Pedro Fernandes, vice prefeito Junin do Bom Sucesso, Presidente da Câmara Municipal Clodoaldo Santinelo, voluntários, secretários municipais, e o apoio do Corpo de bombeiros e Polícia Militar. O prefeito parabenizou a Secretaria de Meio Ambiente que realiza mais mais uma edição desta ação e agradeceu o apoio e a participação de todos que disponibilizam seu tempo e levaram canoas e principalmente o Rancho dos Amigos que no segundo ano consecutivo apóia essa causa.

A pé e usando pequenas embarcações, eles recolheram o lixo acumulado na orla e também no interior da Lagoa Grande no intuito de preservar o manancial. O prefeito Pedro Fernandes explicou que ações desta natureza são de fundamental importância para a preservação do meio ambiente e por isso precisam ser desenvolvidas constantemente com a participação do poder público e da comunidade e certamente o governo municipal que tem como lema administrativo "Construindo uma Nova História" está comprometido em desenvolver políticas em defesa e conservação da natureza e consequentemente da Lagoa Grande de Porangatu.

Situada na parte nobre e centro da cidade, a Lagoa Grande é um manancial de origem natural exuberante que embeleza Porangatu e por isso tem se tornado um dos maiores atrativos das famílias do município e também dos turistas que visitam a região.

É à margem do lago que acontecem as principais festas da cidade, como Via-sacra, Exposição Agropecuária e Carnaval. A praça Ângelo Rosa de Moura e o Centro Cultural, onde funciona o Teatro Municipal também estão situados à margem da Lagoa Grande.



Fotos: Redes Sociais