Polícia

MPE investiga uso de caminhonete da PM para transportar caixas de cerveja em Formoso do Araguaia

Flagrante aconteceu em janeiro de 2017, mas o MPE só instaurou inquérito nesse mês para apurar os fatos. Promotoria investiga crime de improbidade administrativa.

  • Publicado em 10/Jun/2019 às 12h15 ( atualizado às 12h17).

O Ministério Público Estadual abriu um inquérito civil com o objetivo de investigar o uso de uma caminhonete da Polícia Militar para transportar caixas de cerveja. O flagrante aconteceu em janeiro de 2017 em Formoso do Araguaia, mas o caso só começou a ser apurado nesse mês. As informações estão no Diário Oficial do MPE de sexta-feira (7).

O inquérito tem o objetivo de apurar o crime de improbidade administrativa por parte dos responsáveis.

Na portaria, o MPE argumenta que não há informações concretas sobre os servidores públicos que usaram a viatura no dia dos fatos. Por isso, solicitou que a Corregedoria da PM informe, num prazo de 10 dias, se foi aberto procedimento administrativo disciplinar para apurar a conduta dos envolvidos e quais policiais estavam em serviço na cidade de Formoso do Araguaia quando o flagrante foi feito.

Entenda
No dia 14 de janeiro de 2017, uma caminhonete do 4º Batalhão da Polícia Militar foi flagrada com caixas de cerveja e um freezer na carroceria, em Formoso do Araguaia, no sul do Tocantins. Na imagem é possível ver um homem de camisa, bermuda e chinelos pegando uma caixa com as bebidas. Ele não foi identificado.

Na época, o comandante do 4º BPM, em Gurupi, major Flávio Santos confirmou que o caso aconteceu e disse que iria apurar em quais circunstâncias as cervejas foram colocadas no veículo, se podem ser provenientes de apreensão ou se estavam sendo transportadas de forma irregular. Ele disse que os responsáveis seriam identificados.


Caminhonete da PM é flagrada com caixas de cerveja em carroceria — Foto: Divulgação



Fonte:G1TO