Cidades

Em Talismã, abelhas atacam moradores e matam animais

Duas grandes colmeias estavam debaixo de telhas, em lotes baldios no município de Talismã, sul do estado. Dezesseis galinhas morreram após ataque.

  • Publicado em 12/Ago/2019 às 21h00 ( atualizado às 21h04).


Abelhas estavam em telhas, num lote baldio — Foto: João Carlos/Defesa Civil



Duas grandes colmeias precisaram ser retiradas de lotes baldios neste sábado (10) após ataques em Talismã, sul do Tocantins. Segundo João Carlos, representante da Defesa Civil na cidade, as abelhas atacaram moradores e mataram um cachorro e 16 galinhas, pertencentes a moradores de uma casa vizinha.

As abelhas haviam feito as colmeias embaixo de telhas de 5 metros de comprimento. João Carlos disse que precisou usar um trator para quebrar as telhas e fazer a retirada. Elas foram colocadas num parque ecológico na cidade.

A Defesa Civil chegou ao local por volta das 16h e só conseguiu terminar o trabalho após a meia-noite deste domingo. Moradores de casas vizinhas precisaram sair das residências em função dos ataques.

Neste domingo, os homens da Defesa Civil devem fazer a retirada de outra colmeia em cima de uma árvore na mesma quadra. As abelhas estão ferroando fiéis de uma igreja localizada próxima ao local.



Dezesseis galinhas morreram após ataque de abelhas — Foto: João Carlos/Defesa Civil


Dezesseis galinhas morreram após ataque de abelhas — Foto: João Carlos/Defesa Civil


Fonte: G1TO