Política

“Não é boa não, ele não tem grupo, ele é sozinho”, disse fonte sobre condição política de Kinca Nunes em Araguaçu

  • Publicado em 10/Set/2019 às 11h50 ( atualizado às 12h07).

Com popularidade em baixa e perdendo aliados importantes, a possibilidade do prefeito de Araguaçu, Qinca Nunes (PSDB) não disputar a reeleição pode realmente acontecer.

Segundo a coluna apurou, a ex-prefeita Walty Rocha já não faz mais parte do grupo que apoiou a candidatura do prefeito Qinca Nunes nas eleições de 2016, e provavelmente deverá lançar candidatura própria (se organizar pendências judiciais) ou apoiar um candidato da oposição. 

Diferente do cenário desenhado por uma fonte governista, de uma possível candidatura única devido a oposição estar fragmentada, a situação administrativa e politica do prefeito Qinca Nunes se tornou preocupante, pois o mesmo, teria se isolado. “Não é boa não, ele não tem grupo, ele (prefeito) é sozinho”, confirmou fonte.

Ainda segundo nossa fonte, dois ex-prefeitos de Araguaçu devem estar na oposição nas eleições de 2020, e isto reforça o desgaste político que pode inviabilizar uma candidatura sem a presença da oposição, que já começou a se articular visando as eleições de 2020.
 


Outro nome descontente e que também teria deixado a base governista seria o comerciante e pré-candidato a prefeito, José Martins (DEM), filho do ex-prefeito Adão Mesquita Martins.