Tocantins

Polícia Civil recupera 32 cabeças de gado furtadas em Gurupi no último fim de semana

Esta foi mais uma ação de combate ao crime organizado, realizada por meio da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco).

  • Publicado em 12/Dez/2019 às 11h11 ( atualizado às 11h14).

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Policiais civis da 3ª Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (3ª DHPP) de Gurupi localizaram, na madrugada desta quarta-feira, 11, na cidade de Pedro Afonso, 32 reses bovinas, que haviam sido furtadas de uma fazenda localizada no município do sul do Estado, na noite do dia 6 de dezembro do corrente ano.

Conforme o delegado Hélio Domingos de Assis Alves, responsável pelo caso, os animais, da raça nelore P.O., avaliados em aproximadamente R$ 100 mil, foram localizados quando estavam em uma fazenda na zona rural de Pedro Afonso (380 km de Gurupi). “Os investigadores diligenciavam na manhã do último sábado, dia 7, à procura de um suspeito de homicídio quando receberam informação sobre o furto dos animais. Policiais passaram a investigar o fato e empreender diligências no sentido de localizar o paradeiro das cabeças de gado”, informou.

Após alguns dias de levantamentos e investigações, os policiais civis da DHPP, com auxílio de policiais civis da Delegacia de Pedro Afonso, localizaram os animais, os quais foram imediatamente apreendidos e apresentados na Central de Atendimento da Polícia Civil de Pedro Afonso. As investigações apontam o envolvimento de organização criminosa agindo neste tipo de crime, que tem um retorno financeiro rápido.

“As investigações continuam para que possamos descobrir com exatidão os autores do furto do gado, uma vez que, para cometer o crime, foi necessária a atuação de alguns indivíduos, os quais vamos identificar para que eles possam responder pelo crime que cometeram conforme determina a lei”, frisou o delegado.

Esta foi mais uma ação de combate ao crime organizado, realizada por meio da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco).



Secom-TO