Goiás

Condenado em processo por furto de gado, Clodoaldo Santinelo é eleito presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Porangatu

  • Publicado em 10/Feb/2020 às 19h35 ( atualizado às 20h52).




O vereador Clodoaldo Santinelo (foto acima) foi eleito presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Porangatu, na sessão desta segunda-feira, 10.

Em 2019, ainda quando era presidente da Câmara de Vereadores de Porangatu, Clodoaldo Santinelo foi condenado a três anos e seis meses, por receptação em processo de furto de gado ocorrido em 2011, no povoado de Cruzeiro, distrito de Bonópolis.

Na época, Clodoaldo era um dos sócios do frigorífico onde as novilhas foram abatidas. O presidente da câmara alega em sua defesa que alugava o estabelecimento para uma pessoa de Anápolis e que não teve qualquer envolvimento com a negociação e que já recorreu da decisão.


Função

A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar tem a função de analisar e acompanhar a conduta dos parlamentares, especialmente em casos que não se enquadram nas características necessárias para a abertura de Comissões Processantes. A comissão também é responsável por fiscalizar o trabalho dos vereadores, conforme, também, uma série de itens, como projetos apresentados, requerimentos e pedidos de informações, divulgados no Sistema de Informações do Mandato.

Formação das comissões questionada

Alguns vereadores questionaram o presidente da Casa a forma como foi feita a formação das comissões permanentes.

Veja: