Cidades

Cestas básicas entregues pelo Governo do Tocantins beneficiam idosos de 80 municípios

  • Publicado em 10/Apr/2020 às 11h18 ( atualizado às 11h23).

Com a proposta de atender a população tocantinense, garantindo a alimentação necessária, nesse momento em que se prima pelo isolamento das famílias para evitar a disseminação da Covid-19, causada pelo novo Coronavírus, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), dá continuidade, nesta semana, à ação de distribuição de cestas básicas, visando atender os 139 municípios do Tocantins. Em dez dias, o Governo atendeu mais de 80 municípios com entrega de cestas básicas.

Nesta etapa, estão sendo distribuídas as cestas básicas direcionadas para os idosos cadastrados no Serviço de Convivência e Fortalecimento dos Vínculos (SCFV) dos municípios. A exemplo de dona Maria do Socorro Rodrigues Bezerra, de 62 anos, moradora de Brasilândia, que afirma que as cestas básicas chegam em um momento importante. “Sentimos falta dos mantimentos e, nessa hora, temos que nos conformar e passar com mais segurança pelo isolamento".

Segundo o gestor da Setas, José Messias Araújo, a ação busca atender a população mais vulnerável no Estado. "A ação de entregas de até 200 mil cestas básicas, durante a pandemia da Covid-19, é uma determinação do governador Mauro Carlesse e busca atender as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade em todo o Tocantins. Começamos pelos idosos, já entregamos cestas básicas para eles em mais de 80 municípios, nas regiões sul, centro sul, sudeste, centro norte, no Jalapão; como também para algumas entidades como os abrigos de idosos de Porto Nacional João XXIII e Tia Angelina", destaca o Secretário.

O secretário executivo da Setas, Tiago Costa, explica que o objetivo é finalizar esta primeira etapa de entrega das cestas básicas em todos os 139 municípios ainda esta semana. “De acordo com o planejamento, essa etapa de distribuição das cestas básicas para idosos tem previsão de término até a sexta-feira, 10. Na segunda-feira, 13, está previsto o início da distribuição das cestas básicas destinadas às famílias, também em situação de vulnerabilidade, cadastradas no Paif [Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família]”.

Cesta básica

Cada cesta básica contém: um pacote de arroz (5 kg) agulhinha especial, tipo 1; um pacote (2 kg) de açúcar cristal; 1 pacote (1 kg) de feijão carioca; um pacote (250 g) de café torrado e moído; uma garrafa pet (900 ml) de óleo de soja; um pacote (500 g) de macarrão espaguete; um pacote (350 g) de extrato de tomate; um pacote (1 kg) de sal refinado; 1 lata (125 g) de sardinha; um pacote (400 g) de biscoito doce tipo maisena; um pacote (500 g) de flocão de milho; um pacote (250 g) de sabão em barras, com cinco unidades; duas unidades (90 a 100 g cada) de sabonete e duas unidades (90 g cada) de creme dental, com flúor.

Recurso

O recurso é oriundo do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep/TO), baseado na Lei n° 3.015, de 30 de setembro de 2015, considerando a decisão plenária do dia 23 de março de 2020, (Resolução nº 01/2020 de 31 de março de 2020), que aprovou a destinação de recursos financeiros a Órgão Público Estadual para execução de projeto social com vistas a combater e erradicar a pobreza, por meio da distribuição de 200 mil cestas básicas à população carente, atingida pela recessão econômica, que se vislumbra, haja vista a pandemia do novo Coronavírus em proporções jamais presenciadas pela sociedade moderna.

Municípios atendidos

Até essa segunda-feira, 6, foram atendidos os municípios de: Miracema, Paraíso, Couto Magalhães, Pequizeiro, Goianorte, Juarina, Barrolândia, Miranorte, Rio dos Bois, Tabocão, Guaraí, Presidente Kennedy, Colmeia, Itaporã, São Valério, Paranã, São Salvador, Jaú, Palmeirópolis, Colinas, Bandeirantes, Pau D’Arco, Arapoema, Bernardo Sayão, Aliança do Tocantins, Dueré, Formoso do Araguaia, Figueirópolis, Cariri do Tocantins, Gurupi, Peixe, Conceição do Tocantins, Arraias, Novo Alegre, Combinado, Lavandeira, Aurora, Taguatinga, Ponte Alta do Bom Jesus, Novo Jardim, Dianópolis, Taipas, Rio da Conceição, Almas, Porto Alegre, Natividade, Chapada da Natividade, Santa Rosa, Silvanópolis, Colinas, Nova Olinda, Araguaína, Muricilândia, Aragominas, Santa Fé do Araguaia, Carrasco Bonito, Sampaio, Crixás, Santa Rita, Fátima, Oliveira de Fátima, Araguaçu, Sandolândia, Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Ipueiras, Lajeado, Tocantínia, Tupirama, Pedro Afonso, Bom Jesus do Tocantins, Santa Maria do Tocantins, São Félix, Mateiros, Lagoa do Tocantins, Santa Tereza, Monte do Carmo, Centenário, Itacajá , Itapiratins, Recursolândia, Tupiratins e Brasilândia.



Fonte: Secom TO