Cidades

PM restabelece o efetivo e o policiamento em Figueirópolis

Policiais militares enviados do Comando Geral da Corporação serão empregados provisoriamente no policiamento ostensivo para garantir a segurança daquela comunidade.

  • Publicado em 14/Apr/2020 às 21h55 ( atualizado às 22h33).

O Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), tenente-coronel Jaime Porfírio de Souza, determinou na manhã desta terça-feira, 14, o restabelecimento do efetivo do Destacamento da PM em Figueirópolis.

Policiais militares enviados do Comando Geral da Corporação serão empregados provisoriamente no policiamento ostensivo para garantir a segurança daquela comunidade.

A medida foi adotada após um policial militar lotado no Destacamento ter sido testado positivo para a Covid-19. Na ocasião, tão logo que o policial apresentou os sintomas da doença, o comando da Unidade providenciou o seu isolamento domiciliar, atendimento e acompanhamento médico, psicológico e assistencial através do serviço de saúde do município de Cariri, onde ele reside, bem como através da própria Corporação.

Posteriormente, após a constatação do diagnóstico da Covid-19, o restante do efetivo do Destacamento também foi submetido ao isolamento, conforme as recomendações das autoridades de saúde pública e igualmente estão sendo assistidos pelos profissionais de saúde da Corporação e dos municípios onde residem.

O comando da Unidade também providenciou a desinfecção das instalações do Destacamento PM, da viatura, do armamento e dos equipamentos utilizados pelos militares.

Nesse período, o policiamento estava sendo realizado de forma alternativa. Entretanto, o efetivo policial do município foi restabelecido com militares enviados de Palmas para o 4º BPM.

O Comandante da Unidade, esclarece que a Polícia Militar mantém o seu compromisso com a comunidade de garantir segurança e tranquilidade a todos, através do policiamento ostensivo. Destaca ainda, que acompanhou os trabalhos de desinfecção do Destacamento e visitou o prefeito Fernandes Martins, oportunidade em que garantiu ao gestor a continuidade do policiamento, ora efetivado.



Fonte: PM TO