Política

Em cerimônia restrita, prefeito, vice-prefeito e vereadores são diplomados em Talismã

  • Publicado em 18/Dec/2020 às 18h29 ( atualizado às 18h38).



O prefeito de Talismã Diogo Borges, o vice-prefeito Professor Adão e os vereadores eleitos no pleito de 15 de novembro, foram diplomados na tarde desta sexta-feira (18) pela Justiça Eleitoral. A cerimônia restrita e individual, devido a pandemia de coronavírus, foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores e foi comandada pelo juiz eleitoral da 14ª Zona Eleitoral, Fabiano Gonçalves Marques.

Em seu discurso, o prefeito reeleito Diogo Borges elogiou a atuação do juiz eleitoral e afirmou que irá honrar os 80% dos votos recebidos nas eleições, e finalizou prometendo trabalhar ainda mais por Talismã. “Eu prometo trabalhar ainda mais, com a mesma humildade de sempre”, frisou.



100% da Câmara

A articulação e força política do prefeito Diogo foi possivel 100% das cadeiras da Câmara de Vereadores, serem alcançadas por candidatos da chapa governista.

Foram eleitos e eleitas ao legislativo de Talismã: Diene Silva (DEM), Feitosa (DEM), Itamar do Assentamento (Cidadania), Manoel do Pará (DEM), Marquim da Vila (PSD), Nara da Saúde (DEM), Severino Barreirinha (PSD), Ueliton (Cidadania) e Zezinho (Cidadania).

Sobre a diplomação
Diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. Nessa ocasião, ocorre a entrega dos diplomas, que são assinados, conforme o caso, pelo juiz de Direito, diretor do Foro Eleitoral, representando o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Segundo o Código Eleitoral (art. 215, parágrafo único), no diploma devem constar o nome do candidato, a indicação da legenda sob a qual concorreu, o cargo para o qual foi eleito e, facultativamente, outros dados a critério do juiz.