Política

Após revolta de comerciantes, vereadores convocam secretários e prefeito de Alvorada para debater decreto de enfrentamento ao Covid-19

  • Publicado em 03/Mar/2021 às 15h39 ( atualizado às 15h50).





Prefeito PA foi convidado para discutir com comerciantes o decreto que restringi funcionamento das empresas durante pandemia da Covid-19 em Alvorada. 


Comerciantes de Alvorada estão revoltados com o decreto publicado pela prefeitura de Alvorada que faz restrições sobre o funcionamento do comércio da cidade.

Segundo informações, o decreto seria uma cópia do primeiro decreto, quando a COVID-19 ainda era pouco conhecida pelos gestores e ainda não existiam os planos de contingências. Amanhã acontece na Câmara uma reunião com empresários e vereadores que querem um posicionamento do prefeito Paulo Antonio, que foi bem flexível quando o assunto era aglomeração e fiscalização durante a Primera onda do coronavirus no período que antecedia as eleições municipais o ano passado.

Os comerciantes querem que a prefeitura seja mais flexível com o funcionamento dos comércio, e discuta uma forma que seja possível combater a Covid-19 e sem prejudicar a economia local. “Esse decreto publicado pela prefeitura vai interromper até a construção de uma importante obra que está acontecendo no município, e que está gerando mais de 100 empregos diretos e favorecendo o comércio local”, disse fonte ouvida pelo site.