Geral

Sindifiscal e Asfeto protocolam ofício ao Governo requerendo a inclusão dos Auditores Fiscais nos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19

  • Publicado em 11/Apr/2021 às 11h49 ( atualizado às 11h56).



O presidente do Sindifiscal, Santiago Almeida (foto acima), destaca o trabalho do Sindicato em prol das demandas dos Auditores Fiscais. “O Sindifiscal está fazendo a sua parte, estamos tentando todas as alternativas possíveis e continuaremos lutando até sermos inseridos na prioridade, sem interferir é claro nos grupos já definidos. Agradecemos ao Tenente Lemos por nos levar ao palácio e a gentileza do vice-governador por entender a nossa urgência e zelo para com os filiados”, enfatiza Santiago.

Na manhã desta sexta-feira, 09, a Diretoria do Sindifiscal representada pelo presidente, Santiago Almeida, o Diretor Jurídico, Antônio Fernandes, e o presidente da Asfeto, Wanderley Nunes Noleto, protocolaram um ofício solicitando ao Governo do Estado a inclusão de todos os Auditores Fiscais do Tocantins no rol prioritário da vacinação contra a Covid-19.

As entidades enxergam a imunização da categoria sendo de extrema necessidade, tendo em vista que os Auditores Fiscais seguem expostos ao vírus, principalmente os que atuam nos postos fiscais e comandos volantes nas divisas do Estado. Além disso, os casos da doença têm se tornado cada vez mais constantes entre os Auditores e, recentemente, muitos têm chegado a óbito. Com a inclusão das demais classes nos grupos prioritários, o Sindicato e a Associação se mobilizaram em prol dos seus filiados.

Na manhã desta sexta-feira, 09, a Diretoria do Sindifiscal representada pelo presidente, Santiago Almeida, o Diretor Jurídico, Antônio Fernandes, e o presidente da Asfeto, Wanderley Nunes Noleto, protocolaram um ofício solicitando ao Governo do Estado a inclusão de todos os Auditores Fiscais do Tocantins no rol prioritário da vacinação contra a Covid-19. As entidades enxergam a imunização da categoria sendo de extrema necessidade, tendo em vista que os Auditores Fiscais seguem expostos ao vírus, principalmente os que atuam nos postos fiscais e comandos volantes nas divisas do Estado. Além disso, os casos da doença têm se tornado cada vez mais constantes entre os Auditores e, recentemente, muitos têm chegado a óbito.



Com a inclusão das demais classes nos grupos prioritários, o Sindicato e a Associação se mobilizaram em prol dos seus filiados. Na reunião, o vice-governador do Estado, Wanderlei Barbosa, recebeu de forma muito receptiva os representantes classistas e o Tenente Lemos (vereador por Alvorada-TO e amigo da categoria) que também entregaram uma versão do documento à autoridade.

Em sua fala, Wanderlei garantiu analisar o pedido com muito respeito e cordialidade e ver a possibilidade da inclusão dos Auditores Fiscais no Plano Nacional de Imunização (PNI) feito pelo Governo Federal e que os estados e municípios devem obedecer rigorosamente. Wanderlei ainda lamentou a não inclusão da categoria e reconhece a preocupação e vê como justa a reivindicação classista. O presidente do Sindifiscal, Santiago Almeida, destaca o trabalho do Sindicato em prol das demandas dos Auditores Fiscais. “O Sindifiscal está fazendo a sua parte, estamos tentando todas as alternativas possíveis e continuaremos lutando até sermos inseridos na prioridade, sem interferir é claro nos grupos já definidos. Agradecemos ao Tenente Lemos por nos levar ao palácio e a gentileza do vice-governador por entender a nossa urgência e zelo para com os filiados”, enfatiza Santiago.

Na reunião, o vice-governador do Estado, Wanderlei Barbosa, recebeu de forma muito receptiva os representantes classistas e o Tenente Lemos (vereador por Alvorada-TO e amigo da categoria) que também entregaram uma versão do documento à autoridade. Em sua fala, Wanderlei garantiu analisar o pedido com muito respeito e cordialidade e ver a possibilidade da inclusão dos Auditores Fiscais no Plano Nacional de Imunização (PNI) feito pelo Governo Federal e que os estados e municípios devem obedecer rigorosamente. Wanderlei ainda lamentou a não inclusão da categoria e reconhece a preocupação e vê como justa a reivindicação classista.

Na manhã desta sexta-feira, 09, a Diretoria do Sindifiscal representada pelo presidente, Santiago Almeida, o Diretor Jurídico, Antônio Fernandes, e o presidente da Asfeto, Wanderley Nunes Noleto, protocolaram um ofício solicitando ao Governo do Estado a inclusão de todos os Auditores Fiscais do Tocantins no rol prioritário da vacinação contra a Covid-19. As entidades enxergam a imunização da categoria sendo de extrema necessidade, tendo em vista que os Auditores Fiscais seguem expostos ao vírus, principalmente os que atuam nos postos fiscais e comandos volantes nas divisas do Estado. Além disso, os casos da doença têm se tornado cada vez mais constantes entre os Auditores e, recentemente, muitos têm chegado a óbito. Com a inclusão das demais classes nos grupos prioritários, o Sindicato e a Associação se mobilizaram em prol dos seus filiados.

Na reunião, o vice-governador do Estado, Wanderlei Barbosa, recebeu de forma muito receptiva os representantes classistas e o Tenente Lemos (vereador por Alvorada-TO e amigo da categoria) que também entregaram uma versão do documento à autoridade. Em sua fala, Wanderlei garantiu analisar o pedido com muito respeito e cordialidade e ver a possibilidade da inclusão dos Auditores Fiscais no Plano Nacional de Imunização (PNI) feito pelo Governo Federal e que os estados e municípios devem obedecer rigorosamente. Wanderlei ainda lamentou a não inclusão da categoria e reconhece a preocupação e vê como justa a reivindicação classista.

O presidente do Sindifiscal, Santiago Almeida, destaca o trabalho do Sindicato em prol das demandas dos Auditores Fiscais. “O Sindifiscal está fazendo a sua parte, estamos tentando todas as alternativas possíveis e continuaremos lutando até sermos inseridos na prioridade, sem interferir é claro nos grupos já definidos. Agradecemos ao Tenente Lemos por nos levar ao palácio e a gentileza do vice-governador por entender a nossa urgência e zelo para com os filiados”, enfatiza Santiago. Na reunião, o vice-governador do Estado, Wanderlei Barbosa, recebeu de forma muito receptiva os representantes classistas e o Tenente Lemos (vereador por Alvorada-TO e amigo da categoria) que também entregaram uma versão do documento à autoridade.

Em sua fala, Wanderlei garantiu analisar o pedido com muito respeito e cordialidade e ver a possibilidade da inclusão dos Auditores Fiscais no Plano Nacional de Imunização (PNI) feito pelo Governo Federal e que os estados e municípios devem obedecer rigorosamente. Wanderlei ainda lamentou a não inclusão da categoria e reconhece a preocupação e vê como justa a reivindicação classista. O presidente do Sindifiscal, Santiago Almeida, destaca o trabalho do Sindicato em prol das demandas dos Auditores Fiscais. “O Sindifiscal está fazendo a sua parte, estamos tentando todas as alternativas possíveis e continuaremos lutando até sermos inseridos na prioridade, sem interferir é claro nos grupos já definidos. Agradecemos ao Tenente Lemos por nos levar ao palácio e a gentileza do vice-governador por entender a nossa urgência e zelo para com os filiados”, enfatiza Santiago.