Goiás

Expresso tem mais de 100 mil acessos no primeiro mês

  • Publicado em 21/Jun/2021 às 16h28 ( atualizado às 16h29).


Para o titular da SGG, Adriano da Rocha Lima, com o Expresso, o governo entrou na era da digitalização do atendimento, permitindo que o cidadão tenha acesso aos mais diversos serviços sem precisar sair de casa, seja por meio de um aplicativo ou de um computador

O Expresso completa um mês em atividade, oferecendo agilidade e facilidade no acesso digital a 79 serviços estaduais. No primeiro mês, foram contabilizados mais de 100 mil acessos no site e 90 mil logins de usuários cadastrados no portal www.expresso.go.gov.br, enquanto 14 mil pessoas baixaram o aplicativo do programa nas lojas dos celulares.

O programa é uma iniciativa desenvolvida por meio de parceria entre as Secretarias da Administração (Sead), de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e da Governadoria (SGG).

O principal objetivo da proposta é a democratização dos canais de atendimento do Estado, garantindo isonomia, inclusão e aumento na capilaridade da prestação dos serviços públicos em Goiás. “Os números mostram boa receptividade dos goianos com os novos canais de atendimento. A população está cada vez mais familiarizada com os serviços digitais e o Expresso representa a nova forma como o Governo se relaciona com o cidadão, de maneira moderna, digital, conectada e integrada”, pontua o secretário da Administração, Bruno D’Abadia.

Para o titular da SGG, Adriano da Rocha Lima, com o Expresso, o governo entrou na era da digitalização do atendimento, permitindo que o cidadão tenha acesso aos mais diversos serviços sem precisar sair de casa, seja por meio de um aplicativo ou de um computador. “A adesão da população mostra que estamos percorrendo o caminho certo, em um movimento digital pelo qual o mundo está caminhando. Para quem não tiver acesso à internet, teremos totens espalhados por todo Estado, de maneira ágil, de maneira expressa”, afirma.

Secretário de Desenvolvimento e Inovação, Marcio Cesar Pereira lembra que a plataforma Expresso nasceu para ser um canal único de conexão do cidadão com os serviços públicos ofertados pelo Governo de Goiás. “A ideia é, por meio de tecnologia e inovação, gerar maior comodidade, segurança e facilidade para o cidadão, que consegue acessar dezenas de serviços digitais sem precisar se deslocar de casa ou do trabalho”, destaca o secretário.

Balcões e totens

Também há cerca de um mês, foram disponibilizados ainda totens do Expresso em 13 locais estratégicos em Goiânia e Aparecida de Goiânia, visando ampliar ainda mais os canais de atendimentos digitais à população, sobretudo para os usuários que não possuem acesso à internet. Mais de 2.500 goianos já utilizaram a praticidade dos aparelhos de autoatendimento nas últimas quatro semanas. Os equipamentos estão localizados em unidades do Vapt Vupt das duas cidades e na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), na capital.

Em breve, os totens também estarão disponíveis no interior do Estado e em algumas cidades serão implantadas unidades do Balcão Expresso, por meio de parcerias com as prefeituras. “Os balcões serão postos avançados de facilitação para que os cidadãos que não têm acesso digital possam se dirigir até eles e contar com um servidor municipal para auxiliá-los. Essa é a essência do Expresso, o aperfeiçoamento dos serviços por meio das ferramentas virtuais, mas mantendo o esforço para democratizar os acessos e chegar na ponta, para todos os goianos”, afirmou Bruno D’Abadia.  

Fonte:portal-Goiás