Goiás

GoiásFomento financia produção de cervejaria artesanal goiana

  • Publicado em 06/Jul/2021 às 15h51 ( atualizado às 15h53).


Júlio César, da Cervejaria GO Brew, em Anápolis, com o crédito da GoiásFomento, comprou equipamentos com tecnologia avançada e aumentou a produção

Financiamento liberado pelo Governo de Goiás, por meio da Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento), à cervejaria artesanal Go Brew, de Anápolis, possibilitou à empresa uma grande mudança de perfil, passando da produção caseira para a atividade industrial sem, contudo, perder a qualidade do produto. Quem relata essa transformação é Júlio César Silva, empresário e sócio da cervejaria.

Segundo ele, a Go Brew tem dois anos e sete meses de operação. Com o empréstimo da linha de crédito Turismo (Investimento) da GoiásFomento, foram adquiridos equipamentos com tecnologia avançada para a produção de cerveja artesanal.

O apoio do Governo Estadual às atividades produtivas visa garantir o suporte financeiro para que as micro e pequenas empresas superem as dificuldades da pandemia e possam se fortalecer e voltar a crescer, mantendo e até gerando novos postos de trabalho.

Sonho

“Hoje, graças ao aporte da GoiásFomento, tenho uma condição que não deixa nada a desejar com relação à tecnologia das grandes indústrias para produzir cerveja. A nossa produção quintuplicou, e a qualidade saltou bastante também”, relatou o empresário. Conforme Júlio César, a empresa está de olho no mercado nacional. “O nosso sonho é ser uma cervejaria de representatividade nacional e, com a ajuda da GoiásFomento, certamente esse sonho se realizará de uma forma mais fácil”, disse.

Para o presidente da Agência de Fomento, Rivael Aguiar, a alavancagem do negócio da cervejaria Go Brew, após ter acesso ao crédito para investimento, confirma o espírito empreendedor dos goianos. “Basta garantir aporte financeiro e orientação para a gestão do negócio que os resultados aparecem e são surpreendentes. E dessa forma, a GoiásFomento cumpre sua missão de apoiar o crescimento econômico e social do nosso Estado”, comemorou.

Mercado

O mercado de cerveja artesanal cresce de forma significativa no Brasil nos últimos anos, e nem mesmo a pandemia conseguiu prejudicar esse desempenho. Atualmente, o segmento responde por cerca de 3% do volume produzido da bebida no Brasil, de acordo com o Anuário da Cerveja 2020 do Ministério da Agricultura (Mapa). A tendência é chegar à casa de 15% a 18% de participação nos próximos anos, estima a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva).

Há 10 anos, no Brasil, existiam em torno de 100 microcervejarias. Hoje, são mais de 1.400 registradas. Goiás ocupa a oitava posição no ranking nacional, com 33 cervejarias registradas, sendo o primeiro Estado fora das regiões Sul-Sudeste em termos de representatividade. E as perspectivas do crescimento do consumo apontam para a expansão do setor.

“(A cerveja artesanal) é um bussiness muito interessante, e a nossa pegada é essa”, relatou Júlio César Silva. Conforme ele, a cervejaria Go Brew tinha anteriormente três tanques de 1.000 litros. Agora, são seis tanques de 2.000 litros, um de 1.000 litros e outro de 500 litros. “Nossa produção era de seis mil litros/mês e agora pode chegar a 32 mil litros mensais”, destacou.

Atendimento

Para ter acesso às linhas de crédito especiais da GoiásFomento, o primeiro passo é acessar o site www.goiasfomento.com, que contém todas as informações, assim como o telefone do atendimento da Agência de Fomento, o número (62) 3216-4900; WhastApp (62) 3216 4999 e, ainda, os contatos telefônicos dos correspondentes de crédito. O Sebrae Goiás (fone 0800-570-0800) também está prestando apoio à instituição financeira no serviço de atendimento.


Fonte:portal-Goiás