Tocantins

Genilton Pinto é condenado a pagar R$ 5 mil ao ex-prefeito Pedro Fernandes por danos morais

  • Publicado em 01/Dec/2021 às 18h47 ( atualizado às 18h51).



Genilton fez várias denúncias sem comprovação contra o ex-prefeito Pedro Fernandes. 


O juiz Fernando Moreira Gonçalves do Juízado Especial Cível de Porangatu, condenou o diretor de Habitação da prefeitura de Porangatu, GENILTON CARLOS PINTO a pagar uma indenização de R$ 5 mil, por danos morais, para o ex-prefeito Pedro Fernandes que exercia a função de prefeito no município de Porangatu (2016/2020), quando em 14.05.2020, Genilton Pinto por meio da utilização de um carro de som, passou por avenidas e ruas principais do município, alegando a ocorrência de corrupção, envolvendo casos de funcionários fantasmas, no decorrer da gestão do ex-prefeito.

Na decisão, magistrado afirma que a atitude de Genilton promoveu danos a imagem do ex-prefeito, pela forma e situação ocorrida, ou seja, excedendo à normalidade.

Além disso, o fato de não haver qualquer comprovação sobre a denúncia realizada, gerou certa repercussão negativa à imagem do ex-gestor.