Goiás

Goiás lidera ranking de redução de roubos em residência e comércio

  • Publicado em 29/Jun/2022 às 14h31 ( atualizado às 14h32).

om relação à queda geral das ocorrências de roubo, que são os crimes violentos contra o patrimônio, Goiás teve redução de 26,5%, nas ocorrências em 2021 comparado a 2020, ficando atrás apenas de Minas Gerais e Tocantins (Foto: SSP-GO)

Goiás é o Estado brasileiro que mais reduziu as ocorrências de roubos em estabelecimentos comerciais (-28,9%) e de roubos em residência (-29,5%), em 2021, quando comparado com igual período de 2020. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, dia 28, pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, por meio do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O estudo possui publicação periódica e reúne informações de fontes oficias da Segurança Pública de todas unidades federativas.

A queda contínua nas ocorrências de crimes violentos vem sendo apresentadas desde o início da atual gestão. As publicações de comparativos nacionais comprovam essa tendência. “Tenho orgulho de ser governador de Goiás com as forças de segurança mais competente, corajosa e solidária que existe neste País”, comemorou o governador Ronaldo Caiado com o destaque nacional do trabalho da Segurança Pública de Goiás. “A segurança pública hoje é uma realidade porque nosso governador nos dá total autonomia para trabalhar. É uma das vertentes de governo. É uma das marcas que estamos deixando, é um legado”, avaliou o secretário de Segurança Pública de Goiás Renato Brum.

Ocorrências de roubo de veículos

De acordo com o do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, Goiás também está em destaque na redução de roubo de veículos. A queda aferida dessa natureza criminal foi de 31,3%, enquanto a média nacional é de -4%. O percentual de diminuição é o segundo maior do país, ficando atrás somente do Rio Grande Sul (-38,9%). Levando em consideração a taxa de ocorrência por 100 mil habitantes, os indicadores goianos continuam em evidência: Goiás é o estado brasileiro com a segunda a menor taxa de roubo de veículos: 39,9 por cada 100 mil habitantes, quando a taxa nacional é de 128,5 X 100 mil/hab, ficando atrás somente do Mato Grosso do Sul, que apresentou taxa de 28,6 X 100 mil/hab.

Os registros desta modalidade criminosa saíram de uma média diária de 27,7 casos no estado, em 2018, para 4,6 em 2021. Os números que comprovam a queda drástica da média diária dessa modalidade estão disponíveis nos dados estatísticos divulgados pelo Observatório de Segurança Pública, da Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO). “Isso realmente é o resultado de uma polícia eficiente, competente, que hoje está totalmente articulada”, reconheceu o governador Ronaldo Caiado, que relembrou a insegurança vivida pela população nas gestões passadas. “Os criminosos tinham total conforto de agir em Goiás. No meu governo não se passa a mão na cabeça de bandido, tenha a estatura que tiver”, reforçou.

Ocorrências de roubo total

Ainda segundo os dados publicados pelo Anuário de Segurança Pública, a queda geral das ocorrências de roubo, que são os crimes violentos contra o patrimônio, o Estado de Goiás mantém lugar de relevância em relação aos números nacionais.

Enquanto a média nacional apresenta um recuo de 3,9% nas ocorrências de 2021, comparadas com igual período de 2020, Goiás aparece com redução de 26,5%, ficando atrás de Minas Gerais (-26,8%) e Tocantins (-29,2%). “No momento em que passamos a pedir a eficiência e a profissionalização da nossa polícia, 7,2 milhões de goianos e goianas passaram a viver em paz. Moram no campo, na cidade, nos bairros mais distantes, mas, hoje, moram com tranquilidade”, completou o chefe do executivo goiano.

Fonte:Portal-Goiás